Ore ao Cristo Redentor pelo Rio de Janeiro, pelo Brasil e pelo mundo inteiro!

O Cristo Redentor não é apenas um ponto turístico, é um local estratégico escolhido por Deus para proteger e derramar graças sobre a cidade, o estado, o país e o planeta Terra.
A imagem idealizada inicialmente, sugerida pelo padre lazarista Pedro Maria Boss era a representação de um Jesus Cristo com uma cruz na mão direita e o mundo na mão esquerda mas a pedido do cardeal brasileiro Sebastião Leme, o desenho foi transformado.
No Santuário do Cristo Redentor você pode pedir orações. Visite aquele site e deixe seu pedido de orações.
Repita a afirmação e súplica várias vezes ao dia:
“Cristo vence! Cristo reina! Cristo impera! Cristo proteja de todo o mal o seu Brasil!”
feature-Christ-the-redeemer-statue-rio-de-janeiro-attractions-sightseeing-in-rio-de-janeiro

Significados religiosos do Monumento:

A Eucaristia
“Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo” (Mt 28,20). O Cristo Redentor do Corcovado, velando incansavelmente pela humanidade, representa o cumprimento desta promessa: graças à presença da Eucaristia na capela, ele a torna real. O Cristo vivo sacramentalmente, em corpo e sangue, alma e divindade, é o verdadeiro coração do Monumento. A Eucaristia é um coração de carne, que vivifica a estátua, é “fonte e centro de toda a vida cristã”. Para um católico praticante, o próprio Monte Corcovado aponta para o Santíssimo Sacramento. A capela é a mais forte referência religiosa do Monumento, pois seu sacrário conserva viva a presença de Jesus.
A Cruz

Se a Eucaristia é a mais forte referência religiosa do Monumento, sua forma em cruz é o sinal mais visível para quem o observa de longe. A cruz é um símbolo do cristianismo. O Brasil é a “Terra da Santa Cruz”. A cruz, de fato, é santa, desde que Jesus derramou nela o seu sangue para a nossa redenção (cf. Cl 1,20).

A cruz do Corcovado, formada pela imagem do próprio Cristo, está de braços abertos para a Baía da Guanabara. Como expressão das palavras de Jesus, “Eu sou o caminho, a verdade e a vida” (Jo 14,6), ela orienta o navegante, apontando para os quatro pontos cardeais: de frente para o Leste, de costas para o Oeste, o braço esquerdo para o Norte, o braço direito para o Sul. Ainda mais importante, do ponto de vista vertical, a cruz do Corcovado aponta para o céu: “ninguém vem ao Pai senão por mim” (Jo 14,6)

A Ressurreição

Jesus Cristo não é indiferente ao sofrimento humano. O encontro entre Jesus e o homem se dá de maneira especial mediante o sofrimento. E depois do sofrimento vem a ressurreição. Essa verdade está expressa pela cruz do Monte Corcovado. Ela é o próprio Cristo ressuscitado, de braços abertos, trazendo nas mãos as marcas da crucificação.

A fé na ressurreição é fundamental para o cristianismo. Ela é o elo central da divindade de Jesus e de sua obra de redenção: “Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé” (1 Cor 15,14).

O Sagrado Coração de Jesus 

O coração esculpido no peito do Cristo Redentor é singelo, mas de enorme significado. A devoção ao amor de Deus é fundamental para a vida cristã. São João Evangelista escreveu: “Deus é amor” (1 Jo 4,8.16).

A reparação amorosa a Jesus é manifestada na consagração e veneração da imagem do Sagrado Coração, na comunhão frequente, sobretudo na primeira sexta-feira do mês, e também por meio da “Hora Santa” de adoração. O Monumento ao Cristo Redentor, em cuja inauguração se deu a consagração do Brasil ao Sagrado Coração de Jesus, também ajuda a difundir essa devoção.

Nossa Senhora Aparecida

Nossa Senhora Aparecida é a padroeira do Brasil. A ela é dedicada a capela aos pés do Cristo Redentor, ornada com uma réplica de sua imagem, encontrada de forma milagrosa nas águas do Rio Paraíba, em outubro de 1717, venerada desde então com crescente devoção pelo povo brasileiro.

Nossa Senhora intercede pelos homens, no alto do Corcovado, apontando para Cristo: “Fazei tudo o que ele vos disser” (Jo 2,5). A imagem de Maria, ao lado do sacrário, no Monumento, é mais um motivo para ouvir as palavras de seu Filho: “minha casa será chamada casa de oração” (Mt 21,13).

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado