A descoberta de alienígenas destruiria o cristianismo?

46666856.cached

Nem todos os cristãos podem crer na perspectiva de descoberta de vida extraterrestre, mas todos os cristãos devem oferecer respostas razoáveis ​​às perguntas honestas. Uma dessas questões é se a descoberta de vida alienígena iria prejudicar o cristianismo.

As seguintes informações sobre alienígenas estão em nosso domínio:

(1) Muitos cientistas prevem com confiança a existência de alienígenas. A descoberta de Kepler 78b, um exoplaneta semelhante à terra (não é propício à vida), anunciado pela NASA em outubro de 2013 dá credibilidade à esperança à presença de planetas habitáveis ​​que sustentam a vida.

(2) Alguns acreditam que os alienígenas são mantidos na “Área 51” – um setor altamente secreto em South West Nevada, EUA. 1

(3) O Estaleiro de Telescópios allen, uma série de pequenos telescópios para fins de pesquisas simultâneas para o projeto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence), financiados em parte por Paul Allen, co-fundador da Microsoft, está em operação. 2

(4) Em 2008, o Vaticano II proclamou que é correto para os católicos acreditarem nos alienígenas. 3 Também é especulado que o Papa Francisco poderia anunciar a presença de vida extraterrestre.4

(5) S. Tomás de Aquino aludiu à possibilidade de vida extraterrestre. 5

Desconsiderar os dados acima sem consideração adequada é permanecer ignorante. Tanto como um novo vizinho poderia impactar nossa vida social, a descoberta de alienígenas poderia impactar a vida humana.

Mas até que ponto a descoberta de vida extraterrestre iria impactar o cristianismo? Poderia um cristão, de forma racional e razoável, postular que a descoberta de vida extraterrestre não iria destruir o cristianismo?

Um pressuposto relevante neste contexto é que os alienígenas, se existirem, são ontologicamente semelhantes aos seres humanos – com uma alma e um cérebro altamente desenvolvido para o discurso articulado e raciocínio abstrato.

Plausibilidade de vida alienígena
Alguns pensadores cristãos acreditam que não pode haver vida extraterrestre, por conta de duas razões: 6

(A) A Bíblia é silenciosa sobre alienígenas.

(B) É impossível para Cristo morrer novamente para os alienígenas caídos.

Postular a inexistência de vida alienígena na premissa de silêncio da Bíblia poderia refutar o cristianismo através do seguinte:

(1) A Bíblia não menciona a existência de alienígenas.

(2) Se a Bíblia não menciona os alienígenas, não deve haver alienígenas.

(3) Se os alienígenas forem descobertos, a presença de alienígenas implicaria que Bíblia está incorreta.

(4) Portanto, o cristianismo seria uma religião falsa (dado que alguns supõe que o único fundamento do cristianismo é a Bíblia).

No entanto, em defesa do cristianismo histórico, a premissa (2) poderia ser contestada, pois a Bíblia não precisa mencionar a existência de vida alienígena. A Bíblia não se destina a ser uma enciclopédia do universo. A Bíblia revela tudo o necessário para o homem a conviver com Deus. Portanto, a Bíblia não precisa ser responsabilizada pela existência ou não existência de qualquer coisa que é irrelevante para a espiritualidade do homem.

Por outro lado, a Bíblia diz que Deus é soberano. Se Deus é soberano, ele pode fazer qualquer coisa sem contradizer sua natureza. É plausível que a criação dos alienígenas não entraria em contradição com a natureza de Deus. Assim, a soberania de Deus implica a possibilidade de criação de alienígenas. Uma vez que Deus é o criador, e uma vez que todo efeito tem uma causa, se a vida alienígena for descoberto, Deus deve ter criado os alienígenas.

Se os alienígenas existem, por que Deus não revelou a sua criação de estrangeiros para o homem?

A Bíblia revela tudo o necessário para o homem espiritualidade (salvação), de modo que o silêncio da Bíblia sobre a vida alienígena poderia ser minimamente explicado na base de que Deus pode não ter considerado necessário ou relevante para a humanidade (Deus não revelou o tempo exato da segunda vinda de Cristo. Ele não revelou isso, para nós, porque é desnecessário para o nosso conhecimento ou a salvação.)

Alternativamente, Deus não teria revelado nada sobre a vida alienígena na Bíblia, já que ele nunca criou.

A salvação de vida alienígena
Se os alienígenas existem haveria um plano diferente de salvação para eles?

A salvação pressupõe pecado e uma alma imortal. Assim, os alienígenas poderiam ser caídos como os seres humanos?

Discutir sobre alienígenas é argumentar a partir do silêncio, pois a sua existência é desconhecida. Por outro lado, a sua pecaminosidade não precisa criar nenhum problema para o cristianismo histórico, pois o Deus Trino no Seu amor e presciência criou um programa de salvação para pecaminosidade.

Uma vez que Deus é amor, Ele vai oferecer a liberdade para que todos possam crer ou rejeitá-lo. Aqueles que acreditam no Deus Uno e Trino vão viver com ele para sempre, e aqueles que o rejeitam a Deus vão viver fora de Deus para sempre. Isto pode aplicar-se a vida alienígena.

Alguns podem perguntar o que aconteceria se os alienígenas encontrarem as cópias de cravos na mão de Cristo no céu. O conhecimento perfeito será a marca da nossa existência celestial (1 Coríntios 13m9-12). Dado que o perfeito conhecimento elimina a possibilidade de dúvida ou falta de conhecimento, o fato dos alienígenas encontrarem impressões dos cravos nas mãos de Cristo no céu não teria importância.

No entanto, a possibilidade de alienígenas encontrarem impressões de cravos nas mãos de Cristo pressupõe um programa diferente de salvação para os alienígenas. Mas não precisa ser um outro programa para a salvação quando a crença no Deus uno e trino é adequada para a salvação para todos. Mesmo se os alienígenas forem criados ontologicamente diferente, a crença em Deus pode ser adequada para a sua salvação.

Parece improvável que Cristo morreria novamente para salvar a vida alienígena. Cristo acrescentou a natureza humana à sua natureza divina e permanece permanentemente encarnado como um homem (Colossenses 2,9), assim Cristo morrer uma morte na natureza dos alienígenas parece implausível. Mas a fé no Deus da Bíblia é o único caminho para o céu, pois Deus iria revelar-se de forma adequada aos estrangeiros, para que eles acreditam nele.

Evangelização de vida alienígena
E se os alienígenas chegarem com a noção de um Deus diferente? Este parece ser o mais simples de todos os problemas a enfrentar. Atualmente, temos muitas noções diferentes de Deus no mundo, e essas noções surgem a partir de vários pontos de vista.

A noção hindu de Deus é o panteísmo. A noção judaica ou islâmica de Deus é o monoteísmo. O cristianismo histórico acredita em um Deus monoteísta e trinitário. O ateu nega a existência de Deus.

Se os alienígenas chegarem com uma noção diferente de Deus, nós simplesmente adicionaremos outra noção de Deus a essas noções prevalentes. Mas a verdade do Deus da Bíblia é irreversível e imutável.

Se os alienígenas forem descobertos, os cristãos devem se concentrar em chegar até eles. Se Deus nos oferece a vida alienígena, ele também irá fornecer formas e meios para chegar até eles com um esforço para torná-los discípulos do Deus uno e trino.

Significativamente, o gêmeo exata do sol está ainda a ser descoberto. O astrofísico Dr. Hugh Ross de “Reasons to Believe”, afirma que a menos que descubramos um sol semelhante ao da terra, não precisamos acreditar na possibilidade de vida fora da Terra. 7 Ele também postula que possível que a vida alienígena deve estar a 500 luz anos de distância, o que é uma distância quase impossível de atravessar no espaço interestelar. 8Assim, poderíamos razoavelmente postular que as chances de descobrir vida alienígena são extremamente baixas.

O cristianismo é a religião mais escrutinada ou criticada; Não há como negar esse fato. O fato da Bíblia continuar a sobreviver a seus detratores é muito incrível. Se nada destruiu cristianismo em mais de 2000 anos, esteja confiante de que nada vai destruir o cristianismo em 2000 anos ou mais, pois o Deus do cristianismo é a verdade.

A vida alienígena está no reino da imaginação e da previsão. Tanto quanto tentemos responder a perguntas honestas, vamos considerar e envolver o abstrato como abstrato e não como uma realidade existencial.

Notas finais:

Sites referenciados eram acessado pela última vez em 15 th Dezembro de 2015.

1 A área 51 foi proibida ao público desde 1950. As atividades realizadas antes de 1974 já foram revelados. É relatado que aviões U2 de reconhecimento foram testados aqui e que o U2 foi responsável por metade dos avistamentos de OVNIs nesta vizinhança.

2 http://www.seti.org/ata

3 http://www.foxnews.com/story/2008/05/13/vatican-it-ok-for-catholics-to-believe-in-aliens/

4 http://exopolitics.org/pope-francis-to-announce-extraterrestrial-savior-according-to-new-book/

5 http://www.unav.es/cryf/extraterrestriallife.html

6 Carm.org afirma que a vida alienígena é improvável dado que a Bíblia não diz isso e é impossível para Cristo para morrer novamente para resgatar os caídos ETs ( http://carm.org/bible-extraterrestrial-life-aliens ) ( http : //carm.org/does-bible-tell-us-if-there-life-other-planets ). Também

7 http://www.reasons.org/podcasts/science-news-flash/ah-aliens-are-coming

8 Ibid.

Fonte: http://christianapologeticsalliance.com/2015/12/18/would-discovery-of-aliens-destroy-christianity/
Tradução: Emerson de Oliveira

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado